Monthly Archives: Dezembro 2015

tatú pérola

  e percebi que fico ridícula tentando esconder minhas dores (ridículas, tão ridículas, mas tão minhas, dores!)   escondendo soterrei, e soterrando fiz la(r)va queimo, queimo, corroída por dentro por la(r)vas made in myself   se lágrimas pudessem ter sido … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 2 comentários