quero falar sobre a longevidade dos prédios

 

puxa! me puxa de novo. quero voltar pra mais perto do meu pulmão, pra mais dentro de onde fica o ar.

olho em volta e parece o caminho bem desenhado pro amor. a paisagem ao redor é de conto de fadas. tem castelos. há uma divisão marcante entre a estrada por onde devo caminhar e o ao redor. e eu andei saltitante até aqui.

mas o ao redor…

não! não pra que lado eu gritei?

não me deixa fugir de novo do que eu tenho aqui dentro. segura forte a minha mão que isso é um redemoinho forte.

tem amor no fim disso tudo? eu estou convergindo?

eu estou convergindo. convergindo.

 

o que eu queria mesmo era desabar.

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s