e se não mais domável?

já há um tempo me acompanha essa sensação de não caber. talvez desde sempre. hoje quando meus amigos me propõem negócios através de comércio virtual e cadeias de consumo incentivadas freneticamente, sinto que explodo dentro do não caber. e continua dentro e fora, irritantemente. vontade de jogar tudo pro alto. mas ainda tem a vontade daquele bistrô gourmet com vinho caro. então fico aqui, nessa angústia absurda. talvez se eu soubesse que tem mais gente incomodada, mais gente com os braços pra fora da caixa. mas por enquanto as pessoas são bonitas, maquiadas, malhadas, bem-sucedidas. e não precisam de amor e paz. nem todas, mas tem hora que vem assim uma neblina e mistura, aí parece que são todas sim. a neblina se instalou, eu fiquei rouca. sem ar. desapeguei-me de tanta coisa e de tanta gente. ainda tem algo grudando, algo que não me deixa ir. algo que pode ser amor. ou falta dele. quero, meu deus. quero moletom velho, placenta e cheiro de de gente. tira de mim o consumo infinito da dor!

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

2 Responses to e se não mais domável?

  1. Ah, muito bom!! Porque uma coisa é enxergar beleza na vida a outra é rotular, padronizar o que é beleza na vida.
    Ainda bem que existe gente como a gente, ainda capaz de enxergar além. Amém.

    Beijo enorme pra vc! Saudade!

  2. Adriana diz:

    Nossa!! Tenho pensado muito nisso!! Enquanto não conseguimos jogar tudo para o alto, vamos jogar bem baixinho mesmo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s