Monthly Archives: Maio 2013

Roça aqui em mim que eu solto cheiro de amor

  Ainda em andamento as pesquisas. Mas algo já se pode repassar aos jornalistas: o prazo de validade de uma paixão não regada oscila entre 2 e 5 semanas. Todo o belo do mundo mental romântico tem raízes, ainda que … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

ô coisa injusta que é a maternidade, de cima e de baixo

Desculpe-me os erros todos Ainda estou aprendendo (e talvez ainda não dê nesta vida) a dizer EU TE AMO (tanto) em filhanês

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

daqui ainda não te avisto. e o aqui nem me sente.

Deus, tudo deus, tanto deus. energia que guia minha alma, luz do meu espírito, GPS louco do meu coração. força, poder da natureza, maré, cosmologia. amor (divindade que mais me faz crença!). amor meu e do mundo, tende piedade do … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Maçaneta

  É uma criança, uma menina esperta, quase gente grande, mas é criança. Tem medo de escuro e do que a mente cria com as matérias primas escuro e silêncio. Viu a mãe todo dia cansar, observou cada gesto e … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 3 comentários

canta comigo!

  “Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar. Caberá ao nosso amor o eterno não dar. Pode ser cruel a eternidade. Eu ando em frente por sentir vontade.   Eu quis te convencer, mas chega de insistir. Caberá ao nosso … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

e se não mais domável?

já há um tempo me acompanha essa sensação de não caber. talvez desde sempre. hoje quando meus amigos me propõem negócios através de comércio virtual e cadeias de consumo incentivadas freneticamente, sinto que explodo dentro do não caber. e continua … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 2 comentários

estou paradoxo

  o amor é tiroteio e blindagem   não sei: fico? pulo? agarro? encaro? agarro? fico bêbada até dormir?    

Publicado em Uncategorized | 3 comentários