Batata frita sorriu gosto de solidão

 

Vai dar tudo certo! Eu vou conhecer gente nova. Será uma experiencia importante. Vou ser feliz. O destino é quem faz as encomendas. Vou de coração aberto. Sim, estou feliz e sou grata. Sim, também sou forte. Meu salário é melhor que muitos muitos. Muitos. Vai dar tudo certo de novo. Mais uma batata. O par de tênis me observa. Olhar solidário. Não fui correr, não pedalei. As roupas se amontoam sobre a cadeira. Organizar casa é uma coisa inútil, pintar parede é retardo mental. Pendurar quadro é suicídio. Não vou me pendurar. Talvez eu não more mais em lugar nenhum. Talvez nem mais em mim mesma. Sim, estou triste. Não, não tenho perspectiva. Não, não posso tê-las porque elas ardem muito. Concordo, estamos todos sozinhos. Discordo, eu sou mais. O que mais importa é sobrar vontade de escrever sobre arte. É ter vontade de degustar batatas sorridentes. Eu ainda mastigo e engulo e isso é lindo. Vou deixar o amanhã chegar e passar ordens. Cansei de esperar na janela. Dormir pode ser a minha casinha, o meu lar. 

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

One Response to Batata frita sorriu gosto de solidão

  1. Angelina diz:

    so cute sweetie!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s