Monthly Archives: Dezembro 2012

contemplei a mala feita

  eu vim aqui pra te sorrir   você me olhou e nem fez nada   uma garrafa passou pela rua cantando   atravessei a janela dei um bom gole nela   então voltei a ser casulo de borboleta sem … Continuar a ler

Publicado em cangote | 1 Comentário

Isso é um assalto! Vai passando tudo que tiver de alma!

  Por tabu que soe na minha criação de tradicional família cristã do interior de Minas, posso dizer tranquilamente que hoje aprendo muito com palavrões de pessoas toscas.  Estou nas primeiras páginas das “Mulheres” do Bukowski. Uma reflexão do personagem … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Batata frita sorriu gosto de solidão

  Vai dar tudo certo! Eu vou conhecer gente nova. Será uma experiencia importante. Vou ser feliz. O destino é quem faz as encomendas. Vou de coração aberto. Sim, estou feliz e sou grata. Sim, também sou forte. Meu salário é … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Foi-se embora em cada gota nossa

Agora entendi meu calor cercado mudo do gelo seu Não derreto pensamentos solos sobre grades relacionais É tão grato meu coração maduro, forte, seco e limpo Pintura de Diego Gravinese

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário