tenho grutas aqui dentro

 

Decepção é pedaço de arame farpado preso no meio das costelas, entre os pulmões. Faz lágrima circular junto com sangue e faz sangue escorrer junto com lágrima. Deixa minúsculas bolhas de oxigênio estourarem, insuficientes pro fim. Atrofia os movimentos, os pensamentos, a respiração.  Hiberna-se de fora pra dentro, na ingênua tentativa de esconder-se do próprio dentro. Propriedades glandulares desorientam os hormônios mais potentes. Decepção desorienta, mas não sai grito nenhum de SOS. Células mutantes são convidadas pelo silêncio da mágoa inerte. Se tratada por bom médico, após minuciosa amamnese, produz anticorpos que muito duram na veia viva. Anticorpos são o que rogam os corpos cansados. Veias vivas são o rogo rouco do coração.

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s