Monthly Archives: Outubro 2012

criatividade, pra quê te quero?!

O negócio é o seguinte: a gente deve sempre oferecer pro outro aquilo que a gente costuma comer no café da manhã. Não se deve perguntar: -O que você gosta de comer no café da manhã? Eu quero comprar o … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

De mochila

  Ok, tudo bem. Com você, eu fujo. Fujo correndo, pulando, voando. Fujo pra dentro de mim mesma. E sorrindo, por dentro e pra dentro. On y va?!  

Publicado em cangote | Deixe um comentário

leia-se, casa de vó

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

na primeira pessoa cai a chuva

Um ser amigo meu, chamado Humano, veio ao mundo insatisfeito. Todo dia, ou melhor – todo fim de dia-, vinha brotando nele uma inquietude, um desejo de mudar algo. Misturava-se um pouco a ansiedade na angústia, e a revolta na … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

mecânica

  Eu achei tão lindo isso de você me abraçar no meio da pista de dança. E me segurar no abraço, fazendo pausar a música, as luzes e os corpos frenéticos ao redor. Achei de uma lindeza tão gigante e … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“Digite o título aqui” (aí não. aqui!)

Quando se acorda sem vontade de acordar. O lençol está mais macio, deslizante, carinhoso. Empurra-se a si mesmo pelas ruas. Senta, levanta. Pisca. Digita pousando os dedos sobre o teclado, força da gravidade pura; não é aquela vontade de pressionar … Continuar a ler

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

“tem que afetar. é afeto!”

  tem dia que eu sinto  que moro dentro de um tupperware. perna dobrada. braço. dói junta. dói o espaço. e a falta dele dói. também. dói o dentro que é fora. e o fora que não sai de dentro. … Continuar a ler

Publicado em Art turns Life into something you can get away with | 1 Comentário