Adiada

(18/01/2012) 

 

Espero até oito e meia

pra ouvir um querer teu

Depois de oito e meia eu rezo

pro amanhã te lembrar d’eu

 

*Anotações cronologicamente aleatórias em uma agenda pessoal de páginas tão pré-datadas…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em As palavras, quando se casam, escolhem datas para seus nascimentos. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s