Auto-piedade

 

Que tristeza infinita esta

de acreditar

que você ainda chega

Ou que pelo menos ainda liga

 

Que tristeza infinita esta

de admitir pra mim mesma

que você não volta

E que não há desculpa que conte

Você simplesmente não quis

 

E eu babando pela sua sinceridade

como uma criança com fome de leite do peito

 

Que viesse para dizer tchau

ou admitisse me querer só na segunda-feira

Toda segunda eu seria

 

É esta a lição sobre a infinitude das coisas?

Compreendi tudo, não repita mais

Autorizo que sinta pena de mim

e que sua pena seja infinita

enquanto dure

 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s