Interrogatório

Com que cara vou olhar pro mundo

Se você não voltou de viagem

Agora já não sou só eu que te espero

Todos perguntam de ti, irritantemente

Com que palavras respondo sobre tua ausência

Com que planos preencho minha semana

Com que boca bebo aquele vinho

Com que mão te procuro em mim

Hein?

Só porque não digitei as óbvias interrogações

Detesto o óbvio

As boas respostas dispensam perguntas

Anúncios
Esta entrada foi publicada em vontade.... ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s